terça-feira, 9 de junho de 2015

Tordesilhas

A Plaza Mayor de Tordesilhas

Para nós, portugueses, o nome Tordesilhas evoca o Tratado assinado em 1494 entre Portugal e o recém formado reino de Espanha. Mas quantos de nós já visitaram o local? Geralmente, é um lugar de passagem, entre Portugal e França e, à vista da placa que indica a localidade de Tordesilhas, desenterramos da nossa memória algumas lembranças das longínquas aulas de História e passamos adiante. Mas vale a pena parar.
Tordesilhas é um pequeno município na região espanhola de Castela e Leão. Fica perto de Valladolid, junto ao rio Douro, que por ali passa com o nome de Duero. 

O rio Douro, junto a Tordesilhas

É uma povoação muito antiga, talvez de origem romana, ou ainda anterior e o seu património reflete essa antiguidade. O principal monumento da cidade é o convento de Santa Clara, mandado construir como palácio no século XIV, num belíssimo estilo mudéjar. Mas não foi por essa razão que Tordesilhas se tornou conhecida, mas sim pelo Tratado aí assinado.

Mural: os dois reis ibéricos.

Logo que se entra na parte antiga da cidade, encontramos um mural, atual, que conta de forma simples e ingénua a história do que ali se passou. Aí vemos o nosso rei João II, assim como o rei Fernando de Aragão, e a divisão do mundo que resultou destas negociações. Não é grande obra de arte, mas permite lembrar o fundamental: aqui fez-se História!

Mural: a divisão do mundo.


O Tratado de Tordesilhas foi assinado no espaço ocupado por dois palácios do século XV, hoje chamadas Casas do Tratado, e aí funciona um pequeno museu, dedicado à história do Tratado, à época que o viu nascer e às suas consequências. É de entrada gratuita.

Entrada das Casas do Tratado e Museu

Frente às Casas do Tratado, há um pequeno memorial de pedra, no patamar que vigia o rio Douro. Foi mandado construir em 1994, quando passavam quinhentos anos da sua assinatura e relembra a sua importância mundial. Vale a pena lembrar que o Tratado de Tordesilhas é um dos documentos incluídos no registo Memória do Mundo, da UNESCO.

Memorial ao Tratado

O original português do Tratado de Tordesilhas está guardado no Arquivo Geral de Espanha, ali perto, na vizinha localidade de Simancas. Também vale a pena a visita, e também aí a entrada é gratuita. O outro documento original, em espanhol, está guardado na nossa Torre do Tombo.

Arquivo Geral de Espanha, em Simancas

Mas nem só de História vive Tordesilhas. Possui uma pequena Plaza Mayor encantadora, cheias de esplanadas, onde se pode descansar o espírito de tanta informação, à frente de uma fresca caneca de cerveja. Não há melhor maneira de terminar a visita.

As esplanadas na Plaza Mayor

Um passeio pelo Vale do Varosa

O Mosteiro de São João de Tarouca O rio Varosa é um afluente da margem esquerda do rio Douro, que nasce na Serra de Leomil e desagua ...